Ação, tensão e perseguição policial invadiram a Cinemateca Brasileira, em São Paulo, na noite desta segunda-feira. O espaço cultural foi palco do evento de lançamento da série DNA do Crime, reunindo os protagonistas Maeve Jinkings, Rômulo Braga e Thomás Aquino, e grande elenco. A superprodução nacional, inspirada em crimes reais, tem estreia na Netflix no dia 14 de novembro, e promete tirar o fôlego até de quem acha que já viu de tudo no gênero.

 

Manoel Rangel, Maeve Jinkings, Rômulo Braga, Thomás Aquino e Heitor Dhalia
Crédito: Divulgação/ Netflix

Crédito: Divulgação/ Netflix



"Essa é a nossa primeira série nacional de ação policial investigativa, um gênero em que a Netflix acredita muito", abriu Haná Vaisman, diretora de séries de ficção da Netflix Brasil. "Esse projeto se destaca pela ousadia, ambição e novidade. Nós tivemos a felicidade de trabalhar com excelentes parceiros, com confiança, transparência e muitas mãos", completou. 

Após a exibição do primeiro episódio, que já mostrou aos convidados a potência dos efeitos especiais e das grandes sequências de ação, o criador e diretor Heitor Dhalia e o produtor Manoel Rangel subiram ao palco para compartilhar mais detalhes sobre os bastidores da produção e os esforços em locação, artefatos e preparação de elenco. "O Brasil já mostrou que sabe produzir filmes incríveis sobre a realidade mais comum do crime no país. Agora, nós estamos explorando o crime nas nossas fronteiras, que é muito pouco visto nas telas", comentou Heitor. "Essa é uma história sobre eficiências, de uma polícia muito capaz e que precisa enfrentar criminosos à altura, em um patamar muito elevado", completou Rangel.

 

Crédito: Divulgação/ Netflix

Crédito: Divulgação/ Netflix

Crédito: Divulgação/ Netflix

 

Os protagonistas da história também participaram da conversa com jornalistas e criadores de conteúdo, e puderam dividir mais sobre a construção de seus personagens e a importância de suas histórias para o audiovisual brasileiro. "Tivemos aulas desde movimentação tática, manuseio de armas até direção ofensiva. Conhecemos a superintendência da Polícia Federal, para entender como é esse ofício pelo lado da mulher", disse Maeve. Já Thomás destacou a importância da troca com egressos do sistema prisional para a compreensão e construção do Sem Alma: "Sem o aprendizado, as histórias vividas e a experiência desses caras, os personagens não seriam tão reais".  E Rômulo finalizou exaltando a brasilidade de DNA do Crime: "É muito bonito ver a cara do Brasil nesse tipo de produto. Nós brasileiros sabemos fazer o audiovisual de todos os jeitos, inclusive o de ação".

 

Crédito: Divulgação/ Netflix

Crédito: Divulgação/ Netflix

Crédito: Divulgação/ Netflix



DNA do Crime é uma história ficcional de ação policial, inspirada em crimes reais, que aborda o mais sofisticado patamar do crime e da polícia no Brasil. Após um assalto de proporções épicas a uma instalação de uma seguradora em Ciudad del Este, no Paraguai, os policiais federais da delegacia de Foz do Iguaçu empreendem uma investigação inédita. Seguindo a trilha das amostras de DNA coletadas, descobrem um fio que conecta o roubo no país vizinho a outros crimes recentes, desvendando um plano ainda maior com criminosos dos dois países. 

Em oito episódios, a série tem criação e direção geral de Heitor Dhalia, roteiro de Bernardo Barcellos e Bruno Passeri, produção de Manoel Rangel e Egisto Betti e realização da Paranoïd.

Saiba mais sobre os bastidores da série em um vídeo 

 

 


Assista sobre os personagens Benício (Rômulo Braga) e Sem Alma (Thomás Aquino) 

 

 


E sobre a personagem Suellen (Maeve Jinkings)

 

 

 

Sobre a Netflix:
A Netflix é um dos principais serviços de entretenimento do mundo. São mais de 247 milhões de assinaturas pagas em mais de 190 países com acesso a séries, filmes e jogos de diversos gêneros e idiomas. Assinantes podem assistir, pausar e voltar a assistir a um título quantas vezes quiserem em qualquer lugar e alterar o plano a qualquer momento.

 

Sobre a Paranoïd 
A Paranoïd é uma produtora audiovisual independente brasileira conhecida por audaciosos projetos de cinema, TV, streaming e publicidade. A Paranoïd se dedica à entrega de conteúdo criativo e de alta qualidade de imagem, atuando em todas as etapas, desde a criação ao lançamento, de séries e longas, ficcionais e não ficcionais, com as principais plataformas, programadores, canais, distribuidoras e colaboradores do mercado audiovisual.