Das partículas de poeira até os pontos turísticos destruídos, a paisagem urbana de Black Knight foi cuidadosamente criada usando a mais moderna tecnologia de efeitos visuais. Com estreia marcada para 12 de maio, a série coreana vai transportar o público para uma Seul que vive uma escassez de oxigênio causada pela poluição.

Com roteiro e direção de Cho Ui-seok, conhecido pelo trabalho em Olhos Frios e Golpe de Mestre, Black Knight se passa em uma Coreia futurista que sofre com o impacto de um cometa e uma hierarquia social cruel que determina quem terá acesso aos recursos para sobreviver.

Nesta terra arrasada, os entregadores têm um papel indispensável para manter as pessoas vivas com encomendas de oxigênio e outros itens básicos. O ex-refugiado 5-8, interpretado por Kim Woo-bin, recruta outros desfavorecidos pela sociedade para ajudá-lo a derrubar o sistema que os oprime.

 
 

O Westworld, um dos principais estúdios de efeitos visuais da Coreia, foi responsável pela Seul fictícia da série, incluindo versões destruídas de pontos turísticos famosos como a N Seoul Tower, a Hangang Bridge e o bairro de Gangnam.

“A estrada principal de Gangnam exigiu muita dedicação e trabalho árduo. Vai ser particularmente fascinante para quem assiste comparar a vida real com o que foi criado para a série usando efeitos visuais”, diz o supervisor de VFX do Westworld, Lee Byung Ju.

Composta por aproximadamente 180 artistas, a equipe do estúdio Westworld passou mais de dez meses criando o mundo apocalíptico de Black Knight na pós-produção com uma imensa riqueza de detalhes, prestando atenção à cada partícula de poeira para mostrar que a realização de qualquer atividade ao ar livre seria impossível sem uma máscara de oxigênio.

A equipe coletou dados sobre a poeira amarela e as tempestades de areia na Mongólia e China para entender como representar visualmente esses eventos climáticos, além de fazer imagens dos penhascos de Bayanzag e dunas de Khongoryn Els, no Deserto de Gobi, para usar como referência de texturas em desertos feitos de pedras e de areia fina.

 
 

A Netflix tem uma parceria com o Westworld desde 2019, e várias técnicas inovadoras de efeitos visuais criadas pelo estúdio foram utilizadas em algumas das séries coreanas de maior sucesso da plataforma.

Sweet Home abriu um novo espaço para as produções coreanas envolvendo monstros, O Mar da Tranquilidade trouxe um visual realista da lua e do espaço, All of Us Are Dead levou o tema da sobrevivência a zumbis para jovens adultos, e o sucesso mundial Round 6 ficou conhecido pelas cores fortes.

“Nossa relação com o estúdio Westworld se baseia na confiança e todos saem ganhando”, explica Sunny Park, diretor de efeitos visuais e produção virtual da Netflix. “Com Black Knight, continuamos a superar os limites da criatividade e da tecnologia, trabalhando juntos para criar conteúdo coreano de qualidade que consiga transcender culturas e fronteiras”, acrescenta.

Assista à ‘Black Knight’ a partir de 12 de maio de 2023, só na Netflix.